7.2.07

Se pudesse


Se pudesse
comia as cores
falava arco-íris.
Ana maria costa
07.02.07

19 comentários:

Amaral disse...

Porque tens o arco-íris!
Porque és o arco-íris!

Alves Bento Belisário disse...

Se eu pudesse gostaria de ser comido pelas cores e metamorforizar-me em arco-íris...

Abraço

Caçador de Palavras disse...

que riqueza de discurso não produzirias amiga, se bem que as tuas palavras já sejam cor da alma

;-)

beijinhos

Caçador de Palavras disse...

...e que riqueza voltar a ouvir esta musiquinha de fundo ;-)

Ana disse...

O prazer é meu Ana!
Que coincidência nossos nomes! Herdei o sobrenome Costa de meu avô paterno que era descendente de portugueses. Mas Meu nome completo é Ana Maria Galdino da Costa, só que acho muito extenso, por isso decidi adotar Ana Maria Costa.
Um grande abraço para você!

Mulher na Janela disse...

Ana linda...
Senti-me uma das cores ao ler teu poema. Devorada mesmo.

Você é um encanto!

P.S.: De que falava naqula mensagem na lista sobre uma índia de quem queria que eu falasse? perdõe-me a ignorância...risos...

Beijos...

Passageiro do Tempo disse...

Belo momento este em que li essas palavras...

herético disse...

delidado e belo poema. como as cores do arco iris...

Daniel Aladiah disse...

Em mais do que sete cores, em matizes sempre renovadas...
Um beijo
Daniel

António disse...

Olá, minha querida!
Então mudaste para o Blogger?
Não escolheste a melhor altura pois anda tudo desconjugado devido ao upgrade que eles estão a promover.
Mas que tal te saíste?

Quero agradecer-te a visita ao post comemorativo dos dois anos do meu figurão que já começou a dizer uma palavrinhas.
E começou logo assim:
anamariagostomuitodeti
Safado o gajo, hein?

Beijinhos

Mikas disse...

A foto é linda, uma óptima companhia para as belas palavras

joão tomaz parreira disse...

Ana, o Poeta pode todas as coisas.
João

lena disse...

Ana, menina linda se eu pudesse enviava-te por aqui a pétala branca que tirei ao malmequer amarelo...

senti-te nesse falar deslumbrante de cores


abraço-te sempre com muita ternura doce Poeta

beijinhos


lena

Betty Branco Martins disse...

Tu és___________um arco-íris que sorris em céu aberto no final dum dia de chuva____________

Beijos com carinho
BomFsemana

charlie disse...

Pudesses ser mar
onde os meus olhos navegam
E inventar uma gaivota,
a rasgar no céu um farrapo de luz...

Bosco Sobreira disse...

Que lindo, minha linda Poeta!
Que delícia de poema! Voc~e está cada dia melhor, a cada novo poema um presente amoroso para nossa emoção.
Beijos afetuosos.

Jofre Alves disse...

Cara Ana Maria: passo para cumprimentar e apreciar os seus poemas, que têm a intensidade dum arco-íris. Óptimo fim-de-semana para si.

luci disse...

ah, percebo porque não tenho visto arcos-íris!!!*

beijoS

Mão disse...

Este tb é perfeito. Que bela imagem!
Ah, botei um link para cá!

Minho actual tv