15.12.06


gravura retirada do insite: inlisboa lamento mas desconheço o autor _se alguém souber agradeço a sua divulgação!


Vale a pena
guardar o pó
nos meus olhos,
e alagá-los com as tuas sementes
para agora chorar o que vejo!

Ana Mª Costa

1 comentário:

Raquel disse...

Só conheço a autora do poema, que por sinal é lindíssimo!
Que planta tão delicada fizeste germinar ante meus olhos!
Um beijinho grande, querida Ana e votos de um Natal muito Feliz!

Minho actual tv