17.3.09

17 de Março de 1966


"Nacimento

Ramos de silêncio vermelho pousam na palavra ANIVERSÁRIO. Embranquecida. Na madeira, Março carrega-me 24 horas: crava-me as asas nos acentos com pó; duro, fresco. Desfaz o meu corpo, a minha carne com um chicote e retira a raiz da língua. Jorra a frase, o poema, na mágoa da garganta.

Nascer nos nervos de Março!


Ana Maria Costa
17 de Março de 2009

2 comentários:

Amaral disse...

Mês das flores, mês da Primavera, mês do nascimento, mês de aniversário...
Os meus PARABÉNS, Ana Maria Costa!!!
Nascer será esforço no acto do próprio nascimento, é a liberdade cortada durante um momento cósmico, mas é a recriação única que a Vida concede, êxtase divino e eterno...
Que este dia seja celebrado com Amor, Paz e Alegria!
E que muitos mais se repitam nesta tua particular caminhada!
PARABÉNS!!!

Mulher na Janela disse...

que coisa mais pulsante, menina!
gostei!
parabéns por tudo!

beijos...

Minho actual tv