5.7.08

Porque ser inteligente não é só ter mente.


Foto de Altino Costa



Divagações:



Silêncio e letras conversam o mundo, eu passo no caminho.



Sei que vivo num mundo
onde o mal não existe,
mas também sei
que esse mundo
é só meu.

Solidão, domínios ou ela?



Peregrina para se cansar!?



Loucura, talvez, talvez,

talvez…,


um dia destes,


deixe meus pés falarem do que sentem e,


na forma de sacrifício os engula


pela medula até ao cérebro e,


então juntos combinem


o caminho para a minha vitória



Se(r) inteligente!




Ana Maria Costa


05.07.08

3 comentários:

Mulher na Janela disse...

Cara Ana, num mundo repleto de intelectualóides, o seu texto é certeiro e matreiro...oportuno.

Um beijo, minha querida!

Iara

Bill Stein Husenbar disse...

Excelente texto.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Paradoxos disse...

grande verdade sim

beijao

Minho actual tv