14.7.07

Anatomia

Tenho duas bocas

a que diz e a que vê.

Ana Mª Costa

Imagem de José Vaz Menezes

7 comentários:

crônico disse...

simplesmente perfeito esse pensamento..

auréllio disse...

belo..belo...

José Alexandre Ramos disse...

isto é interessante. dizer-se assim. vai me dar ideias, talvez que...

O SILÊNCIO CULPADO disse...

Gosto de "a voz que não se cala" porque num mundo onde as injustiças não páram de aumentar há que questionar sempre e mais. O seu blogue é lindo.

José Alexandre Ramos disse...

já está.

Assim disse...

Miga, já hoje aqui estive. Como agora venho trazido por link teu, cá deixo comentário para saberes que foi seguido. Quanto às duas bocas: espero continues a alimentar a tua fome de beleza e poesia! Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

Muito bem conseguido este pensamento.

Minho actual tv